Bem-aventurados aqueles servos, os quais, quando o Senhor vier, achar vigiando! Vigiai, pois, porque não sabeis a que hora há de vir o vosso Senhor.

Lucas 12:37; Mateus 24:42

O SENHOR PODE VIR HOJE

  Eu estava visitando a Villa Arconati, às margens do lago de Como, na Itália. Enquanto o jardineiro me conduzia através daquele magnífico lugar, eu lhe perguntei:

  – Há quanto tempo você está aqui?
  – Vinte anos.
  – O proprietário vem muitas vezes?
  – Ele veio quatro vezes. A última foi há doze anos.
  – Suponho que liga ou te escreve. 
  – Não, nunca. 
  – Então quem te dá as ordens?
  – O encarregado que vive em Milão. 
  – E ele vem com frequência?
  – Nunca vem.
  – Então, quem controla seu trabalho?
  – Ninguém; a maior parte do tempo estou sozinho. É algo muito raro ver um desconhecido aqui.
  – Entretanto, você cuida desse jardim com muito esmero. Poderíamos pensar que espera pelo proprietário amanhã.
  – Amanhã? Não senhor, eu o espero hoje, respondeu o velho jardineiro.

  O comportamento deste jardineiro deveria ser o de todos os crentes que esperam o regresso do Senhor Jesus, seu Mestre. Nossa conduta, nossa forma de ser, nossos assuntos, nossas casas, tudo deveria estar ordenado como se estivéssemos esperando ao Salvador hoje. 

  Ele nos prometeu: “Certamente cedo venho” (Apocalipse 22:20). Essa perspectiva é uma luz de esperança na noite deste mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *