A tribo dos guananos, na América do Sul, hoje é composta apenas de, aproximadamente, mil membros. Alguns deles são cristãos. Eles possuem até mesmo o Novo Testamento em sua língua. Eles têm comparado, naturalmente, a mensagem da Bíblia com suas histórias e tradições. Um homem guanano declarou o seguinte:

  “Nós temos nossas próprias tradições acerca de onde viemos. Quando eu ouvi a versão de Deus, como todas as coisas começaram com Adão e Eva, no início não podia acreditar. Eu achava que era uma história de homens brancos.”

  “Entretanto, quanto mais eu lia o todo da história de Deus e do homem, tudo foi se tornando mais claro, como sendo verdadeiro; e eu fui convencido. Nossa tradição nunca nos deu qualquer esperança: a vida terminava com um túmulo, e havia apenas choro e desespero. A narrativa de Deus nos conduz para além do túmulo. Junto com a incompreensível glória de Cristo também nos aguardam os nossos amados. O lado divino da história nos deu esperança.”

  “Lembrai-vos de que vós noutro tempo... estáveis sem Cristo... não tendo esperança, e sem Deus no mundo. Mas agora em Cristo Jesus, vós, que antes estáveis longe, já pelo sangue de Cristo chegastes perto” (Efésios 2:11-13).

  “Deus, que o ressuscitou dentre os mortos, e lhe deu glória, para que a vossa fé e esperança estivessem em Deus” (1 Pedro 1:21).