Pacientes costumam receber esse tipo de orientação médica de diferentes modos. Alguns sentem que tal período irá drenar suas energias completamente. Eles precisam estar ativos. Outros podem se considerar indispensáveis e não podem suportar a ideia que o trabalho pode continuar sem eles por quinze dias. Já outros, sentem-se aliviados, pois percebem que tal período lhes fará bem e lhes permitirá descansar e começar tudo de novo.

  Não é igualmente imperativo que procuremos descansar da correria da vida com o objetivo de buscarmos a Deus? Nossa vida é como uma corrida maluca avançando para um futuro desconhecido. Então, é absolutamente necessário tomarmos tempo para pensar em nossa vida e em nossos alvos e ambições pessoais. 

  Algo, até mais importante, é tirarmos um tempo para ouvir, não a todas as vozes desse mundo que anestesiam e endurecem nossos sentidos, mas para ouvirmos a Deus que ainda fala conosco hoje. Nós necessitamos ouvir aquilo que Deus diz para nós. Ele se dirige, pessoalmente, a cada um de nós por meio da Bíblia.

  Sua mensagem para nós está marcada tanto pelo amor quanto pela verdade. Ela precisa nos dizer que estamos perdidos e distantes de Deus. Mas Deus nos mostra a solução para isso: Jesus Cristo salva a todos os que O recebem. Por meio de Sua morte Ele aboliu tudo o que nos separava de Deus. Ele fez “a paz pelo sangue da sua cruz” (Colossenses 1:20).