Em outubro de 2005, alguns marinheiros saíram a bordo de um pequeno barco para pescar na costa do México. Uma avaria no motor, as correntes marítimas e a falta de rádio fizeram com que, esses marinheiros ficassem à deriva no Pacífico durante 9 meses. Sobreviveram bebendo água da chuva, comendo peixe cru e algumas gaivotas. Em agosto de 2006 foram socorridos por um barco pesqueiro de Taiwan, próximo das ilhas Marshall. “Nunca perdemos a esperança, porque há um Deus Todo-Poderoso. Sabíamos que nos ajudaria. Líamos a Bíblia e orávamos todos os dias”, disse um dos sobreviventes.

Cada um de nós é como um barco frágil lançado no oceano da vida, que muitas vezes se desvia por causa de circunstâncias adversas. Diante da dificuldade, esses pescadores se colocaram nas mãos de Deus. Creram em Sua bondade e não foram desapontados. “O Senhor é bom, ele serve de fortaleza no dia da angústia, e conhece os que confiam nele” (Naum 1:7).

Se conduzirmos nosso barco sozinhos, geralmente estaremos sem ajuda diante de situações que não podemos controlar. Mas Deus está com os que o amam; utiliza as dificuldades que atravessamos para provar que Suas promessas, escritas na Bíblia são verdadeiras. Para aquele que deposita sua confiança em Deus: “o seu coração está bem confirmado, ele não temerá” (Salmo 112:8). Entreguemos o timão de nossas vidas, confiadamente a Deus e experimentaremos, de fato, que o Senhor está conosco, inclusive nos dias maus.