Explosão em Beirute

Destruição e a mão protetora do Senhor

Gostaríamos de convidá-los para orarem neste mês de Setembro pelo Líbano e pelos irmãos que ali se encontram.

Como a maioria já deve saber, no dia 04 de agosto deste ano, ocorreu uma explosão nos portos de Beirute, capital do Líbano.

Seguem algumas informações recebidas por carta de alguns irmãos: 


“Sou grato ao Senhor por poder dizer que todos os irmãos estão seguros. Nós sentimos Seus ternos braços amorosos ao nosso redor e Seu Santo Espírito nos guiando em cada passo do caminho. Que DEUS tenha piedade de nosso amado país. Durante todas as guerras pelas quais passamos, nunca vimos um desastre assim. 

Que DEUS sare os corações partidos e nos dê esperança e força para continuamos. Os irmãos jovens estão ajudando a centenas de casos de trauma com o amor d
oSenhor JESUS.

Pedimos suas orações nestes tempos trágicos.”


Segue trecho de outra carta recebida por um irmão dos EUA sobre a situação em Beirute:


“…Muito obrigado por seu afeto e amoroso desejo de ajudar seus irmãos e irmãs nesta situação extrema tanto financeira como catastrófica em todos os sentidos, a qual o nosso fiel Senhor permitiu pelo Seu perfeito e sábio conselho e segundo a Sua perfeita e boa vontade.

Muitos irmãos e irmãs foram atingidos por esta explosão. Uma de nossas irmãs, que reúne conosco, foi ferida e levada para o hospital, mas agora está melhor, pela graça de nosso Senhor. Muitos irmãos e irmãs que vivem na zona de abrangência da explosão sofreram muitos danos materiais em suas casas e em seus móveis. Muitos recém convertidos, tanto libaneses como também dos refugiados sírios, e entre aqueles que vinham continuamente às reuniões evangelísticas também sofreram muitos danos em suas casas e móveis, e alguns deles foram feridos.”


Vale salientar que no Líbano, em torno de 25% da população total atual do país são refugiados sírios. O Líbano é o país que mais refugiados abriga, quando se observa a relação população – refugiados. Os nossos irmãos têm se empenhado no evangelismo entre eles.

Felizmente, pelas últimas notícias que recebemos, nenhum deles faleceu. Também a livraria dos irmãos em Beirute foi preservada com pouquíssimos danos materiais, enquanto as lojas ao redor da livraria foram praticamente destruídas por completo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *