Atos 13:13-31

Os apóstolos prosseguem viagem e chegam à Panfília. Ali, porém, João — também chamado Marcos (12:12) — abandona-os e volta a Jerusalém. Sua fé não estava à altura do serviço para o qual se havia comprometido, nem das dificuldades que notou que enfrentaria. Não basta apenas acompanhar um servo de Deus ou imitá-lo. Até mesmo num trabalho em cooperação, cada um é responsável por si perante o Senhor e tem de ser impulsionado por sua própria fé pessoal.

Na sinagoga de Antioquia da Pisídia, Paulo dirige-se aos judeus fazendo-os recordar, como o fez Estevão, da história de Israel. Mostra-lhes como Deus havia cumprido em Jesus as promessas feitas a Davi (Salmo 132:11). Não era o próprio Davi uma figura do Salvador que surgiria de sua descendência? (v. 23). Pois, em contraste com Saul, rei segundo a carne, o próprio Deus havia escolhido em Davi um homem segundo o Seu coração, que faria toda a Sua vontade (v. 22).

Tudo se conjugava perfeitamente comprovando que Jesus era o Messias: o testemunho de João após o de todos os profetas; o cumprimento das Escrituras na morte de Jesus, até mesmo pelo fato de não terem podido acusá-LO de crime algum (v. 28; Isaías 53:9), e, sobretudo, a Sua ressurreição (v. 30).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *