Rogamos-vos, pois, da parte de Cristo, que vos reconcilieis com Deus. Àquele que não conheceu pecado, o fez pecado por nós; para que nele fôssemos feitos justiça de Deus.

2 Coríntios 5:20-21

SALVOS MILAGROSAMENTE

  O veículo saiu da curva e desceu pela encosta até ir parar num jardim. Devido ao impacto, o automóvel ficou avariado. Seus dois jovens ocupantes se salvaram milagrosamente, sofreram apenas ferimentos leves. Estavam em pé junto ao veículo e comentavam que tinham chegado perto da morte, mas que tinham tido muita “sorte”. Mas de que tipo de sorte estamos falando?

  Quem os protegeu e os livrou de um desenlace que poderia ter sido fatal? Onde estariam hoje se o milagre não tivesse acontecido? Muitas perguntas nos vêm à mente, sentimentos misturados, mas a maioria das vezes prevalece a despreocupação. Nos esquecemos rapidamente dos pavores e angústias que surgiram num dado momento. Assim, a natureza humana possui a incrível capacidade para ocultar as más lembranças e submergir na indiferença. 

  Entretanto, não foi Deus que falou por acaso? “Antes Deus fala uma e duas vezes; porém ninguém atenta para isso” (Jó 33:14). Sua bondade deu um tempo extra para esses dois jovens, para que se arrependessem. “O Senhor… é longânimo para conosco, não querendo que alguns se percam, senão que todos venham a arrepender-se” (2 Pedro 3:9). Esses jovens aproveitaram essa “sorte” que tiveram para solucionar o problema de seus pecados diante de Deus e receber o maravilhoso perdão que Ele oferece a todos os que creem em Jesus Cristo? Não sabemos. Mas esse acontecimento nos convida a dizer ao leitor, junto com a Bíblia: “Hoje, se ouvirdes a sua voz, não endureçais os vossos corações” (Hebreus 4:7).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *