Para ser capaz de ir “de força em força” o cristão precisa estar consciente do fato que sua fonte de socorro está em Deus. É fato que nós certamente sabemos isso como uma verdade geral, mas nossa fé precisa ser reativada diariamente com o objetivo de aceitar, entregar, esperar e receber.

  Nossa vida apresenta problemas tanto visíveis quanto escondidos. E todos produzem sofrimento. Como reagimos a essas provações? Nós não sairemos vencedores se agirmos como se elas não fossem nada e também se nos rebelarmos fazendo a pergunta tormentosa: “Por que?”. A fé nos capacita a aceitarmos tais coisas. Vamos nos submeter a Deus que permitiu a provação e conhece o fim da mesma.

  Mas a fé não para por aí. Ela sabe o que deve ser feito com o fardo que é muito pesado para carregar: ele deve ser entregue a nosso Deus e Pai. Que possamos contar para Ele tudo que vai além de nossa força, e a paz de Deus encherá nossos corações.

  Então, nós podemos esperar fielmente pela resposta de Deus, confiando em Seu amor e poder. Tal confiança irá produzir perseverança, experiência e esperança em nós, que são preciosas virtudes que honram nosso Senhor.

  Por fim, receberemos a resposta de Deus no tempo certo. Talvez seja uma resposta diferente daquela que esperávamos, mas certamente será uma melhor, pois irá contribuir para o nosso crescimento espiritual. A mesma será um estímulo para continuarmos no caminho da fé.